Putaria mundo à fora…

Já pararam pra pensar quanta putaria há no mundo?
Nem eu… Mas a tenho visto em todo o lugar.

No metrô eu a vi tendo sua cocha acariciada, enquanto ela fingia ler um jornal pra esconder a cara de safada.
No MacDonalds eu a vi lambendo o canudo do milk shake, se insinuando pro namorado.
Na praia, o cara saiu com um volume na cueca e ela mordeu o ombro dele, deliciosamente.
Na escuna, ela mordia a orelha dele e cochichava em seu gringo ouvido…

Na igreja ela lia um torpedo, ajeitava suas coisas e caminhava até um carro com insulfilm.
Na padaria ele segurava o celular discretamente apontando pra baixo da saia da mulher.
Por falar nisso, isso também foi feito no shopping. Um pirralho filmava descaradamente na escada rolante.

Cheguei cedo no cinema, e lá estavam os dois no canto superior direito. Os primeiros a entrar e os últimos a sair.
Na praça ela lia Harold Robbins, escondido dentro de um livro fino de James C. Hunter… Cruzando e descruzando inquietantemente suas pernas…

Basta olhar… O sorriso daquela safada quer dizer algo sim. Ela só não quer que o mundo saiba, mas ela é uma vadia. Aliás, nem ela sabe…
Aquele pirralho se diverte com putaria. O coroa é um pervertido descomunal e aquele santinho morre de medo do que a sociedade irá pensar se souber tudo o que passa na cabeça dele.
Aquela velhinha se lembra das safadezas da adolescência e de como a mãe tentou justificar sua gravidez pré-casamento: “ela sentou no mesmo vaso que ele…”. A beata sorri…

Sim, meus caros… A putaria está aí pra isso. Pra ser observada e admirada.

Santo sou eu, que só escrevo…

[Comentar…]

Anúncios

Sobre T.A.D.

T.A.D. É um personagem, que diz o que passa na cabeça de seu autor. Visite o blog mais vezes para tirar suas conclusões: http://migre.me/b2PzD
Esse post foi publicado em Minha autoria, Putaria, reflexões, Texto Solto. Bookmark o link permanente.

10 respostas para Putaria mundo à fora…

  1. Élia M disse:

    rs….tive que rir do final. Só escreve, TAD?

  2. mistakegirl disse:

    ôpa, TAD… bom ver um texto crescer… reflexões, caro…. reflexões….

  3. karla.. disse:

    E eu que juro!.. só li rs..

  4. sorryicantfly disse:

    E o que seria de nosso cotidiano sem a putaria presente meu caro T.A.D.? O olhar (in)discreto do funcionário para o rachado da sua saia… o moço que conserta o padrão da luz que para o serviço pra descaradamente te encarar… a Bi que como não quer nada passa as mãos suavemente em seus cabelos roçando sua nuca… e eu não sei de nada, não vi nada, não senti nada ok? 😉

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s