FORTALEZA/CE

Imaginem um lugar onde o sol torra sua pele e lhe acaricia com o soprar dos ventos. Onde é só olhar para o lado discretamente e correr o sério risco de encontrar uma bunda deliciosa se bronzeando, com um leve biquíni enfiado… Pois foi assim que eu acordei neste dia, na PRAIA DO FUTURO, durante minhas férias e segunda lua de mel com a esposa.

Sim. Completávamos neste dia 7 anos de casados e decidimos comemorar a superação da “crise dos 7 anos” com muita praia e tranquilidade… Onde? Fortaleza, claro.

Nosso primeiro dia e eu estava cansado da viagem. No total foram 8 horas, devido a uma inesperada escala em BSB, por conta de um atraso… Enfim, eu estava realmente acabado quando inventei de tomar sol…

[06/04/2012… Aproximadamente 15h]
Olhei para o lado e lá estava ela, acertando o biquini enquanto se deitava. Não sei se era sono, mas podia jurar que vi um trechinho da boceta dela e aquilo me deixou claramente excitado. Ela me flagrou a olhando, sorriu e se deitou… Voltei a dormir. Não queria parecer o tarado que espera de tudo pra ver uma boceta.

[06/04/2012… Aproximadamente 19h]
Horas mais tarde, estava sentado à beira da piscina do hotel, com a esposa planejando o resto da noite. Aquela bundinha não saía da minha cabeça de forma alguma. Aquele sorriso malicioso…

– Ah… Conheci uma moradora daqui que se prontificou a nos mostrar a cidade. – Disse Aline
– Como? Perguntei receoso à minha esposa.
– Pois é… Na praia você estava dormindo e tinha uma garota do lado que disse que talvez me conhecesse. A gente conversou e expliquei que a gente é turista e ela já foi no Rio… Enfim, ela mora aqui perto e trabalha como guia. Me deixou o cartão dela, olha.
– Ah sim… Que susto. Pensei que você tinha dado conversa pra qualquer uma golpista aí…
– Nada… Ela é legal… Amanhã a gente se encontra. Entra no site dela que tem umas coisas sobre o que ela faz e o que conhecer…

Mais a noite entramos no site onde vimos os locais… As paisagens e… Lá estava ela… Não tive como conter minha baba…
– Linda ela, não?
– É… Bonita sim. Mas toma vergonha na cara que você é casado comigo, safado…

[07/04/2012… Aproximadamente 6h30min]
Horário do café… Saboreávamos algumas frutas durante o café, quando ela chegou ao hotel. Já era figura conhecida por lá, então não houve qualquer constrangimento ou restrição enquanto ela, mesmo não sendo hóspede, se serviu e naturalmente se sentou conosco…

– Bom dia, Thiago… Já acordou?
– Como?
– Você estava dormindo ontem… Ainda bem que não ronca, heim. Rsrsrs. Prazer, meu nome é Luiza.
A risada doce e angelical fazia a malícia do olhar da primeira impressão sumisse completamente… Passei a ter certeza que eu não vi bucetinha nenhuma na praia… Devia ter imaginado aquilo.

Discutimos o roteiro enquanto ela se tornava cada vez mais íntima de nós… Principalmente de Aline, o que fez com que eu me sentisse mais seguro e que minha esposa também não se sentisse ameaçada com aquele corpo de menininha que se exibia com um shortinho branco transparente e um biquíni fio-dental vermelho… Seios médios e bundinha linda, empinadinha… Conjunto que já me causava enrijecimento de determinado membro…

– Tudo acertado então? Vamos pro seu quarto!
– Hã? – me “desperto” de meus insanos pensamentos enquanto tentava traduzir o que ela estava querendo dizer com isso…
– Trabalho assim, amore. Vamos lá fazer uma pequena maleta com o que vocês deverão trazer para acompanhar meu pique. Vamos seguir, de agora em diante, MEU ROTEIRO. Vocês estão sobre meu controle e garanto que não se arrependerão.

As palavras me faziam pensar várias outras coisas, mas tentei me concentrar e não deixar minhas confusões gerarem perguntas…

Entramos no elevador. Ela mascava um chiclete e ficava se equilibrando nas pontas dos pés e voltando o calcanhar ao chão, enquanto empolgada contava detalhes de nossa viagem… Aquela bundinha subindo e descendo me hipinotizava… Ela estava realmente empolgada com o passeio. Diria até que “excitada” era a palavra que melhor se encaixava…

Enchi minha mochila com uma camiseta, uma bermuda, toalha, mascarás de mergulho e máquina fotográfica com kit a prova d’água. Minha esposa fazia o kit dela e foi ao banheiro tomar uma ducha e passar sua maquiagem…

– Estranho, né? Perguntou Luiza.
– Estranho o que?
– Você me conheceu de 4 a poucas horas e agora estou sentada na sua cama…

Puta qui pariu.. Era verdade…

[Essa porra continua…]   —-  [Twitter da safada que me inspirou…]

[Comentar…]

Anúncios

Sobre T.A.D.

T.A.D. É um personagem, que diz o que passa na cabeça de seu autor. Visite o blog mais vezes para tirar suas conclusões: http://migre.me/b2PzD
Esse post foi publicado em Blogs altamente spermeantes, Conto, Contos Múltiplos, Leitoras, Matrimonialices, Parceiria, Participação especial, Texto Solto. Bookmark o link permanente.

5 respostas para FORTALEZA/CE

  1. Alice disse:

    Minha terrinha…hunf!
    Foi mesmo assim?

  2. sorryicantfly disse:

    Esperando a continuidade do ‘causo’ 😉
    Saudades deste espaço TAD.
    Bjlhões.

  3. Pingback: FORTALEZA/CE – PARTE II | Trauma a Dois – Passou pro seu nome? Arque com a dívida!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s