E no vestuário…

Curta estadia em Curitiba. Dezembro de 2011… Tempinho finalmente livre e resolvi dar uma passada no Shopping Estação, para comprar um tênis.

Quando viajo pra dar uma palestra, não levo tênis. Porém não sabia eu que passaria o fim de semana por lá. Então decidi que no sábado eu faria uma escalada, o que não combina muito com terno, gravata e sapato…

Enquanto escolhia o tennis, vi passar alguém por fora que me chamou a atenção. Falava ao celular. Aquela pele branquinha, cheia de sardinhas no rosto… Sorriso gostoso e super-branco… Carinha de criança com um forte batom vermelho de tonalidade idêntica à das unhas que se destacavam próximas ao celular que segurava nas mãos… Paguei pelo tênis escolhido e corri atrás da direção que ela havia tomado.

O shopping mal tinha aberto… Ainda estava muito cedo. Poucos clientes em qualquer lugar, então não seria difícil encontrá-la.

Lá estava ela… Escolhendo um vestidinho numa loja dessas… Passei por perto dela e puxei assunto:
– No Twitter vc disse que ficaria em casa…
Ela se arrepiou toda e lentamente ergueu a cabeça. Embora eu estivesse por trás dela e, portanto, fora do alcance, a voz era inconfundível…

A gente já vinha conversando há tempos no twitter… A medida que a conversa ficava gostosa, trocamos msn. Do msn pro telefone foi um pulo, mas a distância impossibilitava a prática do que o tesão já evidenciava: A vontade de morder o pescoço alheio… Ainda noite anterior nos falamos, porém eu iria embora no voo das 10h e ela havia dito que não sairia… Mas os planos haviam mudado repentinamente…

– Disse sim… Mas alguma coisa me disse que seria um ótimo dia pra caçar…
– Seria uma honra pra mim te presentear com aquilo que eu gostaria de vê-la usando num jantar hoje a noite. O que acha?
Ela se virou, ainda com aquele malicioso, porém infantil, sorriso no rosto e disse:
– Bom… Seria interessante analisar o que você espera de hoje à noite pelo tipo de vestido que você acha que eu usaria…

A conversa foi se desdobrando enquanto eu analisava os vestidos… Sempre curtos e leves, pois o dia estava quente e a noite prometia esquentar ainda mais…

– Experimente esse!
– Hum… Isso é quase uma camisola, TAD… Não acha meio piriguete não?
– Não acho. É branco, básico… Vai fazer você parecer mais comportada do que deveria, e te fazer se sentir mais ousada do que precisava… Enfim, vai deixar você do jeitinho que eu quero…
– Safado…
– Só estou pedindo pra você provar…

Como disse, a loja estava vazia e o provador também. Eu aguardava do lado de fora enquanto ela se trocava… Eu vasculhava a loja à procura do sujeito que deveria estar ali, cuidando do provador… Mas nada de alguém aparecer… Na minha cabeça, só putaria…

– O que achou?
Ela apareceu dando uma rodadinha… Uma delícia. Parecia que a gente já se conhecia há séculos. Simplesmente não tive palavras inteligentes para esse momento.

Me aproximei lentamente até ela e o sorriso, que misturava infantilidade e malícia, se tornou simplesmente malicioso… Ela me encarava com uma fome que definitivamente pensava o mesmo que eu…

Óbvio que entramos no provador…

– Se o produto estiver tão apetitoso quanto o rótulo, teremos problema aqui – Falei enquanto revezava os beijos molhados com a penetração de minha língua…
– Problemas só se você não tiver camisinha…
– Sempre tenho, cachorra…

Enquanto nos esfregávamos, percebi que ela estava sem calcinha. Havia tirado pra me provocar, caso não tivesse ninguém… Mas só fui descobrir isso semanas depois. Tiramos TUDO o que tínhamos e nos amassamos completamente nus…

A bucetinha raspadinha dela me deixou louco. Nada de pêlos… Ela realmente havia saído pra caçar… Toda cheirosa e gostosa, minha língua não demorou muito pra chupá-la… Ela tentava segurar meus cabelos, mas como estava raspado no menor nível, isso era impossível… Ela se revirava e forçava pra não gemer…

Logo ela se virou de costas e empinou o rabinho como uma profissional… Meti de uma só vez, o que fez ela soltar um gemido mais alto…

Enquanto eu metia cada vez mais rápido, ela rebolava e se envergava mais… Não demorou muito e ela se virou pra mim… Respirávamos fundo… Ela agarrou meu pau e falou:

– Devagar, meu caro… Isso foi só uma amostra do que te espera… Vai saindo devagarzinho que pode chegar alguém…
– Vai parar agora cachorra?
– Calma… Teremos mais, ok? Só queria saber se você aguentava comigo…
– Puta…

Nos vestimos com leves amassos… Um boquete rápido… uma mamada nos pequenos seios (que ficam uma delícia naquele hábil conjunto, viu…) e muitos beijos…

Saímos do provador com cara de safados… O gerente da loja aparentemente passava instruções pra uma novata e ambos ficaram parados olhando pra gente.

Forçamos uma naturalidade que obviamente não existia ali… Falamos que iriamos levar o vestido e saímos, deixando-os mudos.
– Bom dia – disse ela – posso usar essa lixeira aí?
– Eh… Sim… Claro! – Disse o gerente.
– Obrigada – Ela falou, enquanto jogava a camisinha usada, pra ficar mais claro ainda o que tinha acontecido.

– Puta…
– Você não sabe o problema que arrumou, TAD… Vai ter que dar conta, heim… Vou indo.
– E o vestido?
– Pego com você no hotel… Você ainda está lá, né?
– Lógico…
– Então… Vou mais cedo pra gente tomar um banho…

É, meus caros… Se eu enlouquecer, levo ela junto pro hospício…

[Créditos = O conto foi idealizado por @Afessorinha. Visitem o twitter dela e sigam… Vale a pena. Tnks.]

[Comentar…]

Anúncios

Sobre T.A.D.

T.A.D. É um personagem, que diz o que passa na cabeça de seu autor. Visite o blog mais vezes para tirar suas conclusões: http://migre.me/b2PzD
Esse post foi publicado em Conto, Minha autoria, Participação especial, Putaria, Texto Solto. Bookmark o link permanente.

8 respostas para E no vestuário…

  1. Fran disse:

    Simplesmente instigante e delicioso! Me lembra muito alguém! kkkkkkk

  2. toditpm disse:

    Eita! Quero a continuação agora, me deixou na vontade! Adorei, Fran faz horrores! *—*

  3. Amanda disse:

    Uau!!!! Adorei!!! Me deixou com água na boca aqui e me deu muitas ideais!! rsrsr
    Delícia!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s