POMPEM – Raimundos

Não tenho muito o que escrever hoje…

Sabe quando vemos uma garotinha do interior que tenta ganhar a vida na cidade grande e, no fundo, a gente já sabe que ela vai levar (se já não está levando) muita vara?

Posso parecer malicioso demais pensando nisso. Mas é isso que acontece por aqui. Sabe a empregada do vizinho? Leva vara com força (e todo mundo sabe). Sabe a menina da lanchonete? Toma vara de uns 3… Sabe a garota da locadora? Ixi… Até pra conseguir emprego a coitada foi coitada…

Pensando nisso me lembrei de uma música que fala justamente o outro lado da moeda… Da garotinha da cidade que vai pro interior e gosta do que leva no interior… Divirtam-se:

Menininha da cidade foi pro mato e adorou
Tanta variedade de cobra, que apaixonou
Agora ela é viciada, sorriso de orelha a orelha
Atrás da bicharada, vive trepando nas telha

Menininha da cidade foi pro mato e se soltou
Levou tanta picada, ficou cheia do calor
A noite ela abre a janela que é pra mosquitada entrar
A gente morde nela e ela coça devagar

Mais alto – eu vou subir vamos lá!
Mais alto – eu sou baixinho! Que é que há?
Mais alto – Ela gritava mais alto e raca-raca
relando no asfalto e
Mais baixo – e eu gemendo mais baixo
Mais baixo – o buraquinho é mais embaixo
Mais baixo – e eu botava para baixo. Eu digo:
Eita diacho! Ela é fêmea e eu sou macho

Entra na veia. Ajoelhou, vai ter que rezar
Deita na teia, aranha malvada, que vai me devorar

Menininha da cidade foi pro mato e se mudou
Casou com um borrachudo desde o nome ela gostou
Caiçara da mais doida, dos cabelo cheio de nó
Trocou a vida moderna, não larga mais do cipó

Se eu fosse um mosquitinho ia te chupar todo dia
Ia te morder com carinho e nadar na molhadinha
E na noite em que você, dormisse, só de calcinha
Ia pegar na dobrinha onde a carne é bem mais macia

Entra na veia. Ajoelhou, vai ter que rezar
Deita na teia, aranha malvada, que vai me devorar

Anúncios

Sobre T.A.D.

T.A.D. É um personagem, que diz o que passa na cabeça de seu autor. Visite o blog mais vezes para tirar suas conclusões: http://migre.me/b2PzD
Esse post foi publicado em Música, Minha autoria. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s