Diana (não é um conto…)

Diana, minha cachorra…

Quero falar um pouco dela:

Diana, 36 anos, enfermeira. Adorada no serviço, 7 anos de casada, descontraída… sexy… safada.

Mas nem sempre foi assim. Casou com o namoradinho porque o amava (e talvez ainda o ame), ganhavam bem (e ainda ganham) e viviam um sonho (que atualmente não o vivem mais).

Diana viveu bem até então. Vida desejável de casalzinho perfeito. Encontro com familiares em aniversários, natais e reveillons… Presentes, visitas, planos… rotina.

– Novidades?
– Não… nenhuma… E vc?

Cara… tudo como sempre teve que ser. Até que Diana percebeu que era mulher. Aí fudeu tudo. Amantes virtuais, bate-papos eróticos, msn com webcam, notebook repleto de senhas em pastas, arquivos, pastas ocultas…

– Não, não… meu marido não meche nas minhas coisas – disse ela – Ele não está nem aí pra mim. Posso me masturbar pra ele que ele não liga. Você ainda consegue pressionar o play de vez em quando, eu nem isso.

Não… Não é triste. É real. Essa é Diana. Sexy, gostosa, mas necessitando que alguém molhe sua bucetinha de vez em quando, porque o FDP do conto, que não compareceu, é o meu modo de ver o marido.

Não sei se ela vai gostar de ler isso, porquê é o primeiro texto que posto sem consultá-la… Mas o resto do conto… É só o que fica nas nossas cabeças: Vontades, desejos, sonhos…

Ela é meu retrato feminino. O sofrimento dela é o mesmo meu: Estou aceso ainda, mas minha companheira não corresponde à quantidade de hormônios que eu produzo.

Amor? Lógico que essa porra existe no meu casamento (assim como no de Diana). É por isso que não pensamos em separação.

Uma hora dessas meus caros leitores devem estar pensando que talvez conheçam Diana. Vou lhes apresentá-la agora:

Entre em http://www.uol.com.br/bp, entre numa sala de bate-papos e procure, nas salas de 30 a 40 anos.

Várias Dianas estarão lá… Com nomes como:
# lizandra
# morena35 sp
# morena_
# nanda-31
# noivinhasó
# rodrigao cam (acredite… isso é uma mulher)
# solteiro (acredite, essa safada também é mulher)
# sozinha (ah… esse é homem com a sexualidade em dúvida. Vai dizer que tá sem cam, mas vai continuar o papo pra se masturbar pensando em vc)

Diana continua o papo gostoso comigo. Promete ainda me mandar as tais fotos, mas é que ela nunca teve coragem de tirar, pq o marido trabalha com informática e ela teme que ele mecha na cam e ache alguma coisa suspeita. Só rola na webcam com ela… E ela quer tirar uma fotinha boa…

aguardamos, Diana… bjs. Vou voltar que minha esposa está me aguardando… Pena que não seja pro que eu quero…

Anúncios

Sobre T.A.D.

T.A.D. É um personagem, que diz o que passa na cabeça de seu autor. Visite o blog mais vezes para tirar suas conclusões: http://migre.me/b2PzD
Esse post foi publicado em Texto Solto. Bookmark o link permanente.

14 respostas para Diana (não é um conto…)

  1. Alice disse:

    Caro TAD… seu post me fez pensar sobre muitas coisas. Nas mulheres esquecidas por maridos, nas relações de amor no casamento mas que não sobrevivem sem “aquela” emoção que nos deixam mais vivas;nas mulheres que se esqueceram de si, nas muitas mulheres que se descobrem virtualmente e até que ponto vale a pena o q?
    Eu sinceramente, ainda não compreendo muito bem algumas coisas, talvez porque não vivenciei sei-lá-um-casamento.
    Mas eu tbm sou uma Diana… se me encontrar (num momento de ócio não criativo) não hesite em falar com a CansadaDeIdiotas30.

    Smaaack.

  2. E não rola ao menos de você “printar” ela na web então?

  3. Alice disse:

    T.A.D te add no MSN.

  4. T.A.D. disse:

    Depois me adiciona pra gente falar mais sobre isso…

    Vai ser um prazer…

  5. Vivi Bandida disse:

    Nossaaaaa , me separei faz um ano aproximadamente , casamento de 26 anos , exatamente como vc descreveu , meu ex marido nao correspondia mais aos meus hormonios mas havia amor entre nós , tanto que durou 26 anos ….. mas acabou , tudo acaba um dia , até o tesão que eu tinha por ele , que já não era o mesmo que ele devia sentir por mim , comecei assim , com msn “piratas” , salas de bate-papos , até q percebi que não era só hormonal , havia acabado o amor mesmo , e cada um foi procurar sua vida … Bjs TAD , descobri seu blog só hj , mas ja te conheço la do PD

  6. D. disse:

    0/ rsrsrsr
    mais uma Diana aqui…..
    vi vc no PD – chamou a atenção um comentário e vim conhecer o blog.
    maravilhoso o texto.
    simples, conciso e real.
    bjus
    D.

  7. lazaro disse:

    oi bondia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s